Primeiro filme evangélico sergipano estréia 29 de Agosto

E ae, galera!

O primeiro filme evangélico sergipano, Caminhos do Tempo, estréia dia 29 de Agosto no Museu da Gente Sergipana. Reúna sua galera e vá prestigiar! Divulgue para seus amigos e igreja ;)

Abaixo segue o trailler:

Anúncios

Dica da semana: “Cartas do Inferno”

Calma, irmão, não se turbe o seu coração por causa do título do livro! hahaha =P O autor é o nosso querido e conhecido C.S.Lewis, esse senhorzinho simpático da foto ao lado. (autor de As Crônicas de Nárnia e Os Quatro Amores). O livro foi escrito em 1942 e seu título original é The Screwtape Letters (foi publicado no Brasil com os títulos Cartas do Inferno e Cartas de um diabo a seu aprendiz). Mas não se enganem pela data. Aqueles que já tiveram a chance de ler nem que fosse apenas uma das cartas perceberam quão atual a obra é.

O livro é composto por 31 cartas enviadas de um diabo experiente, Screwtape (ou Morcegão, como a tradução portuguesa) ao seu sobrinho, o diabo iniciante Wormwood (ou Cupim). Nestas cartas, Screwtape dá orientações ao seu aprendiz e o ensina as melhores estratégias de tentações. Vale ressaltar que as cartas são sempre e somente do Screwtape para o Wormwood. Assim, nós somos levados a imaginar o que Wormwood descrevia em suas cartas, como as situações que ele descreve ocorriam e também somos apresentados a uma certa “hierarquia” do inferno. Ou seja, nós vemos a história acontecer enquanto lemos as respostas e orientações do experiente diabo ao seu sobrinho aprendiz. Vale ressaltar alguns detalhes sobre as Cartas que podem confundir às vezes: os valores são invertidos! Assim, quando Screwtape fala de Deus, ele o chama de “Inimigo” e, ao se referir a Satanás, chama de “Nosso Pai” ou “Nosso Pai lá de baixo”. Os seres humanos são os “pacientes”. E a tarefa dos diabos é confundir, não ensinar, como o próprio tio diabólico explica ao sobrinho logo na primeira carta.

É impactante, por vezes assustador, perceber como essas estratégias são reais. Volta e meia vc se pega pensando: “Caramba, isso já aconteceu mesmo comigo!”. A leitura fica cada vez mais empolgante, até porque a gente fica querendo saber o que acontece com o homem que é tentado por Wormwood, a quem os diabos chamam de “paciente”. Ao mesmo tempo, nos identificamos com o paciente e pensarmos em nossas próprias ações e reações às investidas do tentador enquanto lemos sobre as atitudes daquele homem sem nome. Mas a melhor sensação que o livro traz é a de que até os diabos sabem do poder de Deus, do Seu grande (e odiado por eles) amor para conosco e da Sua Igreja. A Igreja que Screwtape chama de um “exército furioso marchando com suas bandeiras”. Somos lembrados da nossa incapacidade e fraqueza, somos humilhados por nossa própria consciência, que nos lembra que dependemos completamente de Deus. Percebemos no livro situações nas quais ja caimos tantas vezes que somos levados a chegar à fatal conclusão: Se não fosse a misericórdia de Deus, eu REALMENTE já teria morrido!

O livro não é caro e pode ser comprado na Scariz (eu comprei o meu lá) ou em sebos e livrarias virtuais como a Estante Virtual ou o Submarino. Vale muito a pena, seja qual for a edição que você comprar! Eu sou tão fã que tenho a versão inglesa também HAHAHA! =P Super indico, hein?! Fica pra vcs a frase que mais curto no livro todo:

“Nós criamos gado, para depois devorá-los; o Inimigo cria servos que mais tarde transformará em filhos. Nós estamos vazios e precisamos deles para nos preencher; Ele está cheio e transborda.” 

God bless! :*

Dica de leitura: Canção da Liberdade

Ae, galerinha de God! Tudo beleza? ;)

Hoje trago uma dica de leitura especialíssima: Canção da Liberdade, escrito pela Helen Berhane. O livro foi lançado pela Missão Portas Abertas e, nele, a Helen conta a sua história como cristã perseguida na Eritréia, seu país natal.

Helen foi presa por ter testemunhado de sua fé em Cristo e, coerentemente, ter se colocado contra a guerra entre Eritréia e Etiópia que assolou seu país. Ela também havia gravado um CD – ela é cantora tá, gente? -, que teve repercussão entre os jovens. Foi pressionada a assinar um documento no qual prometia jamais participar ou promover qualquer tipo de evangelismo, mas recusou-se a assinar.

Ela passou dois anos presa num container de metal, numa prisão militar na Eritréia. Lá, ela foi espancada a ponto de seus membros ficarem quase pretos de tantos edemas e hematomas. Não obstante a fome, a humilhação, a falta de higiene, as dores, as pressões físicas e psicológicas para que negasse o nome do Senhor Jesus, Helen permaneceu firme e ainda desenvolveu estratégias de evangelismo dentro da prisão.

A razão de sua libertação não foi divulgada publicamente, mas sabemos que houve manifestações globais que pressionaram o governo da Eritréia. Helen e sua filha conseguiram asilo na Dinamarca, aonde vivem até hoje. Em 2011, ela esteve no Brasil cantando e contando sua história para vários irmãos. Canção da Liberdade é mais que uma biografia, e está além disso. É um livro no qual podemos ouvir o clamor dos nossos irmãos. Não é uma leitura que venha a te comover, apenas. Helen escreve para nós, para os cristãos livres, e nos desafia a sermos fiéis enquanto nos lembra a todo instante do privilégio que temos por sermos livres para pregar e viver o Evangelho! Canção da Liberdade nos quebra, comove, nos faz lembrar de que temos uma missão, um chamado e precisamos respondê-lo. Mais que isso, nos lembra que temos respondido mal.

Você pode adquirir o livro acessando esta página: http://catalogo.portasabertas.org.br/detalhe_produto.asp?id=97
O custo é TODO revertido para a Missão Portas Abertas, que não tem fins lucrativos e atua, ha mais de 50 anos, em vários paises do mundo ajudando nossos irmãos perseguidos.

Que este livro possa te edificar tanto quanto edificou a mim. Que possa mudar sua vida tanto quanto mudou a minha. Deixo pra vcs um recado da própria Helen, e, abaixo, um vídeo com o testemunho dela. God bless!

“Na igreja, as pessoas que cantam e pulam pra Deus são muitas; agora o que a igreja precisa nao é de pessoas que pulam e ficam cantando. A igreja precisa de pessoas que permanecem firmes apesar das circustancias”

“Eu fiz tudo isso enquanto estava presa. Imaginem o que vocês podem fazer com sua liberdade!”

Filme – Courageous

Um outro filme que pode vir ao Cinemark!

Dos criadores de Desafiando Gigantes, Courageous (não tem nome oficial em português, mas pode ser algo como Valentes) é um filme que tem como tema central a paternidade e a importância de ser um bom pai.

Sinopse do filme:

Continuar lendo

Filme – O Livro de Eli

“Jogávamos fora coisas pelas quais as pessoas matariam para ter hoje.”

O filme passa em um futuro pós guerra nuclear. A Terra está toda devastada, destruída e a água é escassa. Muitas coisas preciosas foram perdidas. Porém uma, a única que sobrou após todas as suas cópias serem queimadas, foi salva. Essa preciosidade pode ter sido a causa da guerra ocorrida.

Eli é um homem que viveu 30 anos de sua vida andando em direção ao oeste. Ele diz que Deus lhe deu essa missão de levar essa última cópia da preciosidade para algum lugar, mas Eli não sabe aonde. Ele só sabe que este objeto pertencerá a algum lugar e será necessário lá, e durante sua caminhada, seria protegido contra qualquer coisa ou qualquer um.

Essa preciosidade que Eli leva em mãos é um livro. Mas não um livro qualquer. É a Bíblia Sagrada. Livro que faz um prefeito de uma cidade procurá-lo intensamente, e ele conhece o poder que o livro pode lhe dar sobre as pessoas.


Elenco principal:

Denzel Washington como Eli
Gary Oldman (Comissário Gordon de Batman O Cavaleiro das Trevas) como Carnegie
Mila Kunis (dançarina em Cisne Negro) como Solara

Muitos podem conhecer, mas pra quem não conhece, apresento-lhes um ótimo filme. Lançado em 2010, em sua primeira semana ficou em segundo lugar no ranking de arrecadação, atrás de Avatar. Uma grande produção e com um grande elenco. Um filme de muita ação e uma história interessante. Cenas de luta sem cortes e penetrantes. E ainda um final surpreendente. Dirigido pelos irmãos Allen e Albert Hughes. Filme altamente recomendado.

Trailer:

Site oficial do filme (em inglês): thebookofeli.warnerbros.com

Das melhores